A Turquia comprou quatro divisões do sistema antiaéreo russo S-400 por um valor total de US$ 2,5 bilhões (R$ 8,7 bilhões), comunicou Sergei Chemezov, diretor executivo da Rostec, corporação estatal russa.

Sistema de mísseis S-400
© SPUTNIK/ VITALY ANKOV

Em entrevista ao jornal Kommersant, este confirmou o número de divisões comprado por Ancara. Cada divisão deste sistema antiaéreo inclui várias de dezenas de mísseis.”Sim, no valor de US$ 2,5 bilhões (R$ 8,7 bilhões)”, disse Chemezov, quando perguntado sobre o valor do contrato.

Segundo ele, os Ministérios das Finanças da Rússia e da Turquia terminaram as negociações sobre a compra dos mísseis S-400 russos a crédito.

“O que resta é aprovar os documentos finais. Posso dizer que eles [os turcos] têm que pagar 45% do valor como adiantamento, outros 55% correspondem ao empréstimo russo. As primeiras entregas foram agendadas para março de 2020”, acrescentou ele.

O sistema da defesa antiaérea S-400 instalado na base militar russa Hmeymim, na Síria
© SPUTNIK/ DMITRY VINOGRADOV

No início de setembro, Moscou e Ancara assinaram o contrato sobre a entrega dos complexos de defesa antiaérea russo S-400. O contrato foi fortemente criticado pela OTAN, já que esta afirma que a decisão da Turquia impede o país de fazer parte do sistema antiaéreo unido da aliança.Por sua vez, Ancara afirmou que o contrato não representa ameaça à Aliança Atlântica, justificando a compra por não ter conseguido obter sistemas de defesa antiaérea análogos dos países da OTAN.

Moscou declarou que “ninguém tem o direito de criticar a Rússia e a Turquia pela cooperação técnica e militar”.

sputnik