RAFAEL BALAGO
ENVIADO ESPECIAL A ILHÉUS (BA)

Ao andar por Ilhéus, no sul da Bahia, a sensação é que o cacau está sempre por perto, embora de forma discreta. Ele está ali, decorando o topo da fachada da sede da prefeitura, à venda em lojinhas de lembranças ou pendurado nas árvores espalhadas à beira das estradas de terra nos arredores da cidade.

Resultado de imagem para ilheus

Ilhéus guarda muitas lembranças de seu auge, vivido há cerca um século, quando o porto situado na foz do rio Cachoeira era o ponto de partida para as exportações de cacau. Por ali, o fruto partia e o dinheiro chegava. E parte dele ficou por ali mesmo: os coronéis, donos das fazendas, ergueram palacetes, financiaram a construção de igrejas e gastavam em locais de diversão, como o Bataclan, “casa de tolerância” retratada nas páginas de Jorge Amado.

Resultado de imagem para ilheus

Do bordel que foi cenário de romances em livros como “Gabriela – Cravo e Canela” sobrou um quarto, cenográfico. Ali estão uma cama com lençol vermelho, uma vitrola e outros elementos que dão uma ideia do local onde as moças recebiam seus clientes. O restante do espaço virou um restaurante, com comida a quilo para ser consumida em meio a paredes escuras e a uma escadaria, que lembra as cenas de cabarés mostradas em novelas.

Resultado de imagem para ilheus

Em uma rua vizinha ao Bataclan, fica a catedral de São Sebastião, uma das maiores da cidade. Outro prédio religioso importante é o convento de Nossa Senhora da Piedade.

Resultado de imagem para ilheus

Enquanto a catedral está bem próxima do mar, o centenário convento está no topo de uma colina, perto de um mirante. Dentro dele, repare nos detalhes da pintura do altar e no piso.

 

De volta ao nível do mar, é importante olhResultado de imagem para ilheusar para o chão. Na rua Antônio Lavigne de Lemos, onde fica o palacete que pertenceu ao coronel Misael Tavares, a via é calçada com pedras retangulares azuis, importadas da Europa. Há várias histórias sobre a origem delas. Segundo uma das versões, um coronel mandou colocá-las no pavimento para embelezar seu caminho até a igreja.

Também por ali fica a casa onde Jorge Amado (1912-2001) morou em sua juventude. O sobrado amarelo, de pé-direito alto, virou um museu com objetos e obras do escritor. Vale subir até o quarto que foi dele, olhar pela janela e tentar imaginar como o movimento daquela cidade foi capaz de gerar tantas histórias que rodaram o mundo.

Ilhéus-a-Noite

Agora, se a sua parte preferida da Bahia é a praia, Ilhéus tem mais de 70 quilômetros de orla a oferecer, com perfis variados. Embora a temporada de chuvas vá até agosto, há vários dias de sol e calor, com temperatura entre 25°C e 29°C.

A mais agitada das praias é a dos Milionários, cujo nome faz referência às mansões dos coronéis que ficavam ali. Perto do centro da cidade, há também praias com ondas mais fortes, como a do Malhado, procuradas por esportistas.

Praias-de-Ilhéus

Ao norte, há praias com menos gente. Ao sul, as extensas faixas de areia ficam perto de hotéis e de muito verde. A de Canabrava tem várias pedras grandes perto do mar, que rendem boas fotos e são um convite para uma pequena escalada, de preferência sem o celular na mão.

Mapa-Ilhéus

Ilhéus é uma cidade que pertence à chamada zona cacaueira do Estado da Bahia. Com uma extensão territorial de cerca de 1.800 quilômetros quadrados, a cidade de Ilhéus está entre as seis mais importantes do país, e isto por inúmeras razões. Trata-se da cidade litorânea mais extensa entre todas as outras do Estado. Fundada vila, oficialmente no século XVIII, mas com datação de 1534, foi elevada à cidade somente no século XIX. Ilhéus é um dos pontos turísticos mais procurados por viajantes do Brasil e do mundo, por resguardar belíssimas paisagens. Com praias de águas calmas e claras, cercada por mata Atlântica de um lado e mar do outro, Ilhéus é também um dos mais importantes polos do surf no Brasil.

Quem vai a Ilhéus encontra uma série de atividades e locais para serem visitados, principalmente as praias.  A Praia dos Milionários, a mais badalada da região, a qual abriga antigos casarões da época áurea do café, é uma delas. Para quem quer praticar caiaque, o ideal é ir à Cururupe, com areia grossa e ondas mais fortes. Já quem gosta de praticar Back Door, o certo é ir ao distrito de Olivença, lá há diversificações, por ser ideal para curtir quando a maré está baixa, já que forma diversas piscinas naturais de águas mornas. A Praia Batuba é considerada a mais bonita da região, embora não seja indicada para banhos, por conta da quantidade de pedras, é ideal para passeios. Está cercada por coqueiros e recifes.

QUEM LEVA

CVC
A partir de R$ 2.698.
Inclui: aéreo, quatro noites no Cana Brava com all inclusive e hospedagem grátis para duas crianças
cvc.com.br; tel. 3003-9282.

FLYTOUR
A partir de R$ 1.698
Inclui: aéreo e sete noites em quarto duplo, com café da manhã
flytour.com.br; tel. 4004-0008.

LATAM TRAVEL
A partir de R$ 1.809.
Inclui: aéreo, cinco noites, com café da manhã e traslados
latamtravel.com; tel. 3274-1313.

 

FONTE FOLHA DE SÃO PAULO E 99 GRAUS